top of page

Sistema de Avaliação ASEBA (CBCL/YSR/TRF)


A avaliação dos transtornos da infância e juventude envolve julgamento do desenvolvimento normal e patológico, tendo como referência a variação do desempenho de uma amostra normativa. Esse trabalho pode se tornar complexo, principalmente pelas dificuldades de expressão verbal e de conhecimento sobre as próprias emoções e ações desta população. Isso faz com que os pais tenham um papel crucial na identificação e comunicação das dificuldades da infância e da adolescência, uma vez que a convivência cotidiana possibilita, pelo menos em princípio, a observação do comportamento problema no momento e no ambiente em que ele ocorre. Considerando isso, diferentes medidas para pais, para crianças e adolescentes têm sido desenvolvidas para aplicação em pesquisa, avaliação e clínica.


Entre estes instrumentos os do Sistema de Avaliação ASEBA (Achenbach System of Empirically Based Assessment) ganharam destaques por serem considerados como empiricamente validados, e pela alta representatividade na literatura internacional da área.


A atual versão foi desenvolvida pelos americanos Achenbach e Rescorla em 2001, que dirigem um grande centro de estudo e pesquisa na Universidade de Vermont - EUA. O sistema ASEBA se caracteriza por um conjunto de questionários e inventários que busca avaliar diversos aspectos do comportamento de crianças, adolescentes, adultos e idosos, através de múltiplos informantes.

Os questionários e inventários ASEBA podem ser utilizados como uma alternativa barata para colher dados iniciais, acompanhar o desenrolar de tratamentos e para follow up, além de pesquisas de observação indireta do comportamento. A construção dos instrumentos do sistema utiliza uma classificação diagnóstica dimensional.


Dentro da faixa de escolares o sistema Aseba oferece três medidas. Duas onde o informante é um terceiro que conhecem bem a criança/adolescente, e uma de autorrelato, a saber:

(A) Child Behavior Checklist – CBCL 6/18 anos (INVENTÁRIO DOS COMPORTAMENTOS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES ENTRE 6 A 18 ANOS), é aplicado nos pais ou cuidadores e avalia a percepção dos pais sobre as dificuldades dos filhos; (B) Youth Self Report- YSR 11/18 anos (INVENTÁRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO PARA JOVENS DE 11 A 18 ANOS), é aplicado na criança acima de 11 até adolescentes de 18 anos – que estudem no ensino médio e moram com os pais, avalia o autorrelato; (C) Teacher Report Form - TRF 6/18 anos (INVENTÁRIO DOS COMPORTAMENTOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES ENTRE 6 E 18 ANOS RELATÓRIO PARA PROFESSORES), é aplicado nos professores regentes, assistente ou/e coordenação pedagógica, e avalia a percepção da escola sobre as dificuldades do aluno.


No Brasil temos um representante do instrumento que distribui o material e oferece treinamento de todos os instrumentos do sistema ASEBA, que atende os pedidos pelo e-mail asebabrasil@gmail.com.


Caso queira saber mais sobre este assunto, segue abaixo algumas dicas:


www.aseba.org

Bordin, I. A., Rocha, M. M., Paula, C. S., Teixeira, M. C. T. V., Achenbach, T. M., Rescorla, L. A., & Silvares, E. F. M.. (2013). Child Behavior Checklist (CBCL),Youth Self-Report (YSR) and Teacher's Report Form(TRF): an overview of the development of the original and Brazilian versions. Cadernos De Saúde Pública, 29(Cad. Saúde Pública, 2013 29(1)). https://doi.org/10.1590/S0102-311X201... Gauy, F. V., & Guimarães, S. S.(2006). Triagem em saúde mental infantil. Psicologia: Teoria E Pesquisa, 22(Psic.: Teor. e Pesq., 2006 22(1)). https://doi.org/10.1590/S0102-3772200... Wielewicki, Annie, Gallo, Alex Eduardo, & Grossi, Renata. (2011). Instrumentos na prática clínica: CBCL como facilitador da análise funcional e do planejamento da intervenção. Temas em Psicologia, 19(2), 513-523.


Se você quer acompanhar mais sobre o assunto, basta clicar no link abaixo onde o assunto é abordado em meu canal do YouTube:



Gostou?


Se você ainda não me segue nas redes sociais é só clicar no link: @fabianagauy Toda semana eu posto conteúdos das minhas experiências ao longo dos anos na psicologia. Ah, se não está ainda nos grupos do Telegram pegue o link na Bio do Instagram ou aqui no site.

661 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page